(51) 3224.2580-2065 / 3225.8547

ftiars@ftiars.org

Rua Jerônimo Coelho, 303
Centro - Porto Alegre, RS

Notícia

18/12/2017

Pontos da Reforma Trabalhista serão discutidos coletivamente com as empresas em Miraguaí

Decisão dos trabalhadores ocorreu em assembleia realizada na última semana



O STIA Miraguaí promoveu uma assembleia na última quinta-feira para discutir com os trabalhadores da base sobre assuntos de seu interesse. O encontro contou com a presença do presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação do Rio Grande do Sul (FTIA/RS), Valdemir Corrêa, secretário-geral da Confederação Brasileira Democrática dos Trabalhadores na Indústria da Alimentação (Contac/CUT), José Modelski Júnior, coordenador do Movimento de Pequenos Agricultores (MPA), Vanderlei Lunardi, e da Assessoria Jurídica do Sindicato.

A principal deliberação da categoria foi sobre a Reforma Trabalhista. Ficou definido que a negociação com as empresas sobre as mudanças propostas pela reforma só poderá ocorrer coletivamente, incluindo o STIA local e a Federação. Com isso, as entidades esperam resguardar os direitos adquiridos pelos trabalhadores. Na assembleia também foi aprovada a previsão orçamentária para 2018, já com as adaptações necessárias em função da Reforma Trabalhista, que reduziu a arrecadação ao acabar com a obrigatoriedade do recolhimento do imposto sindical.

Nos discursos, os convidados comentaram sobre as reformas do governo federal que prejudicam a classe trabalhadora. Sobre a Trabalhista, já em vigor, o objetivo é impedir que seja efetivamente implementada pelas empresas. Quanto à da Previdência, a intenção é pressionar os deputados federais para que votem contra o projeto, previsto para ser votado em fevereiro.

O representante do MPA salientou as ações realizadas pelos movimentos sindical e sociais a fim de barrar as ações do governo golpista. Entre elas a greve de fome ocorrida em vários estados como forma de pressão para adiamento da votação da Reforma da Previdência. Ele agradeceu o apoio da FTIA/RS na ação realizada em Porto Alegre, organizada pelo MPA e que contou com a participação da dirigente da Federação Fatima Soares.

Mesmo com a vitória do movimento na tentativa de adiar a discussão da proposta, o presidente da FTIA/RS lembrou que a luta continua e que é preciso manter as mobilizações e buscar o convencimento dos parlamentares contra a Reforma da Previdência. Ele falou ainda sobre a importância do STIA Miraguaí, que desde a criação, há quatro anos, vem obtendo conquistas para a categoria. "Entre os principais benefícios para os trabalhadores estão PLR, auxílio escolar e quinquênio, que passaram a ser fornecidos após a aplicação da convenção coletiva", afirmou. Outra questão relevante foi a concessão do adicional de insalubridade depois da contratação de perito que constatou os riscos enfrentados pelos trabalhadores nas indústrias da base.

ENDEREÇO

Rua Jerônimo Coelho, 303
Centro - Porto Alegre/RS

CONTATOS

(51) 3224.2580-2065
(51) 3225-8547

E-MAIL

ftiars@ftiars.org

Todos os direitos reservados para Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação do RS